Brasil está em 67º lugar no ranking da vacinação

Enquanto diversos países ampliam as flexibilizações de distanciamento social diante do avanço da vacinação, os resultados do Brasil comprovam a política de morte do governo Bolsonaro. O país possui mais de 545 mil mortos por COVID e permanecemos em 67º lugar no ranking mundial da vacinação,na relação a cada 100 habitantes. O baixo número de vacinas adquiridos pelo governo demonstra que poderíamos estar muito além neste ranking (já estivemos na 56ª posição).

Embora o número de mortes e novos casos esteja diminuindo, nas últimas 24 horas, o foram registradas 1.424 mortes e 54.517 novos casos da doença. Ou seja, estamos longe de estar em uma situação confortável, como diversos países europeus.

É duro pensar que, por causa da equivocada e perversa política adotada por Bolsonaro, o país não obteve vacinas em tempo hábil e em número suficiente para evitar milhares de mortes. Por exemplo, estima-se que mais pelo menos 1,1 milhão de crianças perderam um dos pais ou avós por causa da Covid.

Além disso, a possibilidade de que os números de mortes sejam subestimados é muito grande. E os efeitos da pandemia não param por aí, já que milhões de pessoas devem arrastar sequelas da doença por meses ou até para o resto da vida.

Spread the love