Justiça intima Jair Bolsonaro e filho a explicarem nomeação à embaixada

Sem classificação

VALOR ECONÔMICO – O juiz André Jackson Maurício Júnior, da 1ª Vara Federal Cível da Bahia, intimou o presidente Jair Bolsonaro a se explicar sobre a possível nomeação de seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), como embaixador do Brasil nos Estados Unidos. O parlamentar também deverá se manifestar. 

O despacho foi assinado na segunda-feira, no âmbito de uma ação popular ajuizada pelo deputado Jorge Solla (PT-BA) para apurar se há ou não crime de nepotismo na indicação. 

Segundo o petista, o ato é uma tentativa de Bolsonaro de “promover pessoalmente” seu terceiro filho sem que ele tenha as qualificações necessárias ao cargo. Isso violaria, de acordo com a petição, os princípios da impessoalidade e moralidade administrativa. 

Eduardo Bolsonaro, em declaração pública, disse que seus atributos para o cargo incluem ter feito intercâmbio nos Estados Unidos, onde fritou hambúrgueres em uma lanchonete. Já o presidente da República disse que dará “o filé mignon” ao filho porque este tem uma boa relação com os filhos do presidente americano Donald Trump. 

Trump disse na última terça-feira a jornalistas que não tinha conhecimento sobre a intenção de Bolsonaro de indicar Eduardo, mas que o considerava um nome “extraordinário”. A concretização da nomeação depende de aprovação do Senado Federal. 

Spread the love

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *